quinta-feira, 3 de março de 2011

A criação de abelhas nativas(meliponicultura)


Amigos!

Eu;como a maioria das pessoas que criam abelhas nativas(abelhas sem ferrão),e têm um blog,já recebi muitas ofertas pra vender algumas das poucas colônias que tenho,mas recusei todas,pois o amor pelas abelhas nativas falou mais alto,e olha que algumas ofertas foram “boas” mesmo,rsrs.



Como eu já falei algumas vezes,a minha criação é conservacionista,e movida pela minha paixão por essas criaturas maravilhosas,mas nunca obtive nenhum lucro financeiro com elas;meu grande lucro é o prazer de observar e poder salvar algumas espécies que estão ameaçadas de extinção, lá no meu cariri paraibano.

E,é claro saborear(e presentear alguns amigos)com méis de diferentes espécies,que são produzidos a partir das flores da caatinga nordestina,ou seja,sem nenhum tipo de produto químico,que possa me fazer algum mal.



Um amigo meu,me pediu pra lhe dizer como é que ele poderia ganhar dinheiro com essas abelhas nativas,então eu disse que não é difícil,basta ter coragem,força de vontade,algumas técnicas racionais de criação,respeito à natureza e amor pelas abelhas,o resto é com elas.



Por exemplo,com a criação de abelhas nativas,você poderá conseguir uma boa renda,vendendo mel,vendendo colônias (oriundas das divisões),fabricando e vendendo as caixas racionais,ajudando a montar novos meliponários (se você tiver um bom conhecimento do assunto),e até usando seu meliponário como atração turística,para receber pessoas interessadas em conhecer a natureza e essas abelhas nativas,ou seja;você poderá e deverá usar a sua imaginação; pois nessa atividade ainda existem muitas oportunidades de bons negócios.



Claro,que se você não tiver amor pelas abelhas,e pensar apenas no “negócio”, (na parte financeira)fica um pouco mais complicado,pois como eu disse a meu amigo;você vai lidar com vidas e se não houver amor,eu acho que o sucesso não virá,portanto,para começar a criar abelhas nativas,primeiro ame-as,respeite-as,proteja-as,capacite-se,depois o resto se tornará bem mais fácil.

Abraço.
Paulo Romero.
Meliponário Braz.
João Pessoa,PB.
Postar um comentário