sábado, 31 de maio de 2014

Qualidade do mel de abelhas nativas


Amigos!


Um assunto que merece toda à nossa atenção, é a qualidade do mel das abelhas nativas,que compramos e/ou vendemos;pois já recebi emails  de pessoas que disseram ter adquirido o mel de determinada espécie de abelha nativa(Que deveria ser um mel de ótima qualidade e sabor agradável),e “esse mel” não era nada daquilo que esperava-se.

Expliquei que o mel das abelhas,muda de sabor,cor e aroma,dependendo da floração predominante na área,e da espécie de abelha que transformou o néctar das flores em mel;inclusive da forma como ele é colhido...

Um ponto que deve ser bem observado na “hora” de vender mel é a alimentação artificial das colônias;afinal de contas,ninguém vai querer comprar e consumir “mel de açúcar”.
Claro que os meliponicultores responsáveis(Pois,infelizmente em toda atividade,existem bons e maus profissionais),deixam de alimentar as suas abelhas antes do começo das florações,para que as abelhas consumam o alimento artificial,e possam colher o néctar das flores o transformar em mel.



Eu mesmo já comprei mel de abelhas nativas;em um congresso,e na verdade esse mel era “fabricado”pelo meliponicultor e fornecido às abelhas que o estocaram em seus potes,e depois foi colhido e vendido como sendo mel de abelhas nativas.
Atitudes como essa,só atrapalham a verdadeira meliponicultura,que  busca se firmar como uma atividade que prima pela qualidade de seus produtos(Mel e colônias).

Já ouvi relatos de meliponicultores que alimentam as suas abelhas nativas com mel de Apis Mellifera e água,pois as abelhas irão estacar esse alimento,que depois é vendido como mel de abelhas nativas.

Quero deixar bem claro,que os meliponicultores que conheço e tenho contato,comercializam produtos de qualidade e não usam da desonestidade,em sua atividade.Mas é bom ficar de olho bem aberto,para evitar comprar “xarope,por mel”.


Abraço!
Paulo Romero.
Meliponário Braz.
  
Postar um comentário