quarta-feira, 28 de abril de 2010

Semana da caatinga 2010.

Semana da Caatinga 2010
Marcos Antonio Drumond

Exclusivamente brasileiro, ocupando cerca de 900.000 km2, 10% do território nacional, com uma extensão continuada pela região semiárida, o bioma Caatinga possui uma grande riqueza biológica e um potencial econômico e sustentável, na sua integridade, pouco explorado.

Ao contrário disso, ele vem sendo degradado pela ação extrativista e ocupacional de suas áreas. O problema se torna maior no semiárido brasileiro, uma vez que é a região mais densamente povoada entre aquelas de características climáticas similares no mundo, possuindo uma população de aproximadamente 20 milhões de habitantes.

Com solo de alta fertilidade, um aspecto que dá a ilusão de ser seco e numa área de poucas e irregulares chuvas, abrigando espécies animais e vegetais adaptadas à escassez de água, ainda há muito que ser descoberto sobre esse ecossistema e grandes são as dificuldades para ações efetivas em direção a isso.



Como para um tesouro, a Embrapa Semiárido mantém um olhar atento para a nossa “mata branca” e, além das ações constantes desenvolvidas em função disso, tem programação elaborada para a Semana da Caatinga.

Além de programações em parceria com a Universidade de Pernambuco-UPE, a Unidade está envolvida com o Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Caatinga, vinculado ao Programa Man and Biosfere da Unesco, e com o Ministério do Meio Ambiente-MMA, num evento em comemoração ao dia Nacional da Caatinga – 28 de abril, instituído pelo Governo Federal desde 2007 – a ser realizado no dia 27, no Sesc de Petrolina-PE.

Por meio do Programa Embrapa & Escola, a Unidade ainda promove uma série de atividades comemorativas em alusão ao tema. No dia 28, ela realizará em sua sede, localizada à BR 428, km 152, visitas de estudantes e professores de escolas da região. Também serão realizados passeios pela Trilha Ecológica da Caatinga, localizada na sede da Embrapa Semiárido, visitas aos laboratórios e exibição de vídeos educativos sobre a convivência com semiárido.


Programação:

20/04/2010 (Auditório da UPE – Campus de Petrolina-PE)

16h30 – Palestra sobre Uso Sustentável da Caatinga

Lúcia Helena Piedade Kiill (Pesquisadora da Embrapa Semiárido)
19h30 – Palestra sobre Desertificação no Semiárido Brasileiro

Iêdo Bezerra Sá (Pesquisador da Embrapa Semiárido)

27/04/2010 (Sesc, Petrolina-PE)

08h às 18h – Exposição de produtos da fauna e flora da caatinga, orientação sobre preservação da caatinga, distribuição de sementes e demonstrativo de mudas de espécies arbóreas da caatinga.

Manhã – Palestra sobre a Vitivinicultura no Vale do São Francisco

Giuliano Elias Pereira (Pesquisador da Embrapa Uva e Vinho / Embrapa Semiárido)
Tarde – Palestra sobre Ecologia da Polinização de Espécies da Caatinga Ameaçadas de Extinção

Lúcia Helena Piedade Kiill (Pesquisadora da Embrapa Semiárido)

28/04/2010 (Embrapa Semiárido, Petrolina-PE)

08h às 18h – Recepção de estudantes das escolas públicas:

Escola Estadual Moysés Barbosa de Petrolina-PE e Colégio Helena Celestino Magalhães de Juazeiro-BA, com passeios pela Trilha Ecológica e visita à ECOTECA.

29/04/2010 (Escola Estadual Moysés Barbosa, Petrolina-PE)

16h30 – Palestra sobre Preservação e Conservação do Bioma Caatinga

Luiz Domingos de Carvalho (Assistente da Embrapa Semiárido)

Contatos:
Marcelino Ribeiro Lourenço Neto – Jornalista;
marcelrn@cpatsa.embrapa.br

Killiane Maria de Ávila Sant`Anna – Analista;
killiane@cpatsa.embrapa.br

Elder Manoel de Moura Rocha – Analista;
emmrocha@cpatsa.embrapa.br


Um abraço.
Paulo Romero.
Meliponário Braz.
João Pessoa,PB.
Postar um comentário