sábado, 19 de março de 2011

Seja meliponicultor,ajude a natureza.


Para ser meliponicultor,você pode ter apenas uma caixa de abelhas nativas; pois não é o número de caixas que você tem,que vai diferenciá-los de outros criadores,mas sim a sua capacidade de amar,estudar,entender,preservar,cuidar e aprender com as abelhas,que conta.

E para conseguir,a primeira caixa de abelhas indígenas,você tem algumas opções:por exemplo,você poderá retirá-la da natureza,em casos especiais;se uma área vai ser desmatada,e existem ninhos de abelhas nativas nessa área, você não só poderá,mas deverá retirar esses ninhos de lá,a fim de salvá-los.Ou se a colônia estiver localizada em um galho,que não danificará a árvore.

Outra forma é colocando algumas iscas,para atrair colônias em épocas de enxameação (essas iscas são fáceis de fazer,e na internet,tem o passo-a-passo),é claro que você se tiver sorte e existirem abelhas nativas,em sua localidade,conseguirá alguma colônia,mas,na quase totalidade,serão trigonas,pois as melíponas,são difíceis de conseguir “pegar” em “iscas”, mas não impossíveis;vai depender do tipo de “isca que você utilizar
.Eu mesmo já consegui uma bela colônia de jandaíras,utilizando uma caixa “isca”.

“O processo foi o seguinte: eu transferi uma Cupira(partamona seridoensis) de caixa,e deixei a caixa antes habitada por elas”,na mesma prateleira das jandaíras(melípona subnitida);apenas para guardar a caixa.
Em uma viagem ao cariri, eu percebi movimentação naquela caixa, até achei que fossem as cupiras que haviam retornado pra lá,mas, ao retirar e abrir a caixa tive uma ótima surpresa,vi uma forte colônia de jandairas alojada,no local antes era ocupado pelas cupiras.As abelhas já haviam construído,muitos potes de alimento,uns três discos de cria e a rainha estava com uma ótima postura.

Com certeza,uma das caixas de jandaira que estavam na prateleira,e eram bem fortes,realizaram uma divisão natural.As campeiras devem ter sido atraídas pelos restos de cera e alimento,que ficaram no momento da divisão das cupiras;e alguma princesa fez o vôo,foi fecundada e voltou pra caixa,até então desocupada.Como as jandairas,se ajudam mutuamente em certos ocasiões,as campeiras da caixa”mãe”,devem ter ajudado na organização da nova família,que está a pleno vapor,bem forte,por sinal.

Portanto,uma boa forma de se conseguir novas colônias de abelhas nativas(sejam melíponas ou trigonas),é colocar caixas racionais,com cera(cerume)em seu interior,colocar um anel de cera ao redor do furo de entrada,e proteger da chuva.Aí é só colocar por locais que você sabe que existem colônias naturais,fazer o acompanhamento,e com um pouco de sorte,você terá gratas surpresas...

É claro que a opção de adquirir as primeiras colônias de um meliponicultor,também é viável,pois ele poderá lhe repassar todas as dicas,pra ter sucesso com a espécie que você adquirir.

O mais importante,é o seguinte:depois do primeiro contato com as abelhas nativas,você não conseguirá mais ficar longe delas,pois elas “viciam”,rsrs.Com pouco tempo a meliponicultura será seu assunto preferido e você até passará a ter sonhos com abelhas,rsrs.

Abraços.
Paulo Romero.
Meliponário Braz
Postar um comentário